terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Bolo de chocolate Alpino




Um bolo de chocolate fofinho, gostoso, pequeno, fácil e muito rápido de fazer. Tudo de bom. Sabor chocolate Alpino da Nestlé. Serve para o lanche da tarde com ou sem cobertura. Vira bolo de festa com uma gloriosa cobertura de brigadeiro Alpino ou com um pequeno enfeite, fica lindo para bolo de aniversário de dolescente.

Bolo de chocolate Alpino
Ingredientes para a massa:
3 ovos inteiros
3 colheres (sopa) de manteiga em ponto pomada
1 xícara (chá)  de açúcar 
1 xícara (chá) de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de amido de milho
1 xícara (chá) de chocolate em pó Alpino da Nestle
1 colher (sopa) de leite integral
1 colher (sopa) rasa de femento em pó para bolo

Ingredientes para a cobertura de Brigadeiro Alpino (opcional)
1 lata de leite condensado
1 colher (sopa) cheia de manteiga
2 colheres (sopa) cheias de chocolate Alpino em pó

Modo de fazer a massa:

Em uma tigela, junte os ovos, o açúcar e a manteiga. Bata bem até obter um creme bem liso. Junte a farinha de trigo, o amido de milho e o chocolate em pó. Misture bem e continue a bater. Adicone o leite. Misture e bata mais um pouco. No final, acrescente o fermento em pó e misture.


 Misture bem e despeje em uma forma de anel pequena, préviamente untada e enfarinhada.
Leve para assar em forno pré aquecido em 180 graus, por aproximadamente 30/35 minutos ou até que fique bem firme. Desligue o fogo. Retire o bolo do forno, espere 10 minutos e desenforme.


Depois de desenformar o bolo faça a cobertura (se quiser cobertura)

Modo de fazer a cobertura:
Coloque todos os ingredientes da cobertura em uma panelinha. Leve ao fogo médio e mexa sem parar.


Depois de alguns minutos o creme vai engrossar e borbulhar. Continue mexendo até que ele comece a se soltar do fundo. Deslique o fogo.


Despeje imediatamente sobre o bolo já desenformado.


Deixe esfriar. Depois espalhe chocolate belga granulado ou em raspas.


Com alguns enfeites e velinhas, vira bolo de festa!


segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Carne com quiabo



Adoro quiabo, mas sei que há muita gente que odeia, principalmente porque dizem que fica "gosmento". Isso não acontece se cuidar do preparo. Aí, fica delicioso e sem "gosma" ou "baba". 
O quiabo é um ingrediente muito usado na culinária indiana e especialmente na cozinha "cajun" do sul dos Estados Unidos. Bem temperado, é o parceiro ideal do frango e da carne. Aliás, frango com quiabo, também é uma das muitas delícias da cozinha mineira.

Na versão mais simples, como salada, o quiabo também fica muito gostoso. O primeiro truque para não errar a receita usando quiabo, é na hora da compra. Escolher sempre os menores e mais tenros. Verifique a ponta. Se estiver bem macia e flexivel, está perfeito.
A receita deste post, é fácil, rápida e muito gostosa. Na foto que ilustra a receita, a sugestão para servir é com arroz e feijão. No caso, usei feijão vermelho. O conjunto fica bem colorido, nutritivo e delicioso. Vale experimentar.

Carne com quiabo
Ingredientes:
 500 gramas de carne moída magra (usei patinho)
500 gramas de quiabo
1 lata de tomate pelado
suco de 1 limão
2 colheres (sopa) de azeite
4 dentes de alho 
1 cebola média picada
1/2 pimenta dedo de moça
1 colher (chá) de cominho em grão
1 xícara (chá) de água
1 colher (sopa) rasa de sal
pimenta do reino à gosto
salsinha picada (opcional)

Modo de fazer:
Escolha quiabos tenros. Lave bem e corte as extremidades. Pique em rodelinhas. Coloque em uma tigela e tempere com o suco de limão. Deixe descansar por 20 minutos.
Leve uma panela ao fogo com o azeite.



Quando aquecer, junte o alho picado, a pimenta dedo de moça e o cominho. Deixe dourar.


Acrescente a cebola picada e refogue até murchar.


Junte a carne moída. Se preferir pode fazer com carne cortada em cubinhos pequenos ou também carne de frango. O preparo é o mesmo. Misture bem. Vá fritando a carne e misturando até que fique bem soltinha e comece a dourar, com cheirinho de bife frito.



Nesse ponto, adicione o quiabo picado, que estava reservado.


Misture bem. Tempere com o sal e a pimenta do reino. Junte o tomate pelado com seu suco e a água. Misture bem. Tampe a panela e deixe cozinhar em fogo médio por 10 minutos ou até que que a água evapore quase totalmente.


Prove o sal e corrija se precisar. Desligue o fogo. Se quiser, é o momento de adicionar salsinha bem picada. Vai dar cor e aroma ao prato.Tampe a panela e deixe descansar por 5 minutos antes de servir.


 Bom apetite.


quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Bacalao à Martinez ou bacalhoada espanholada


Desde que me conheço por gente, bacalhau é sinônimo de festa e está presente em nossa mesa. Apesar da nossa origem espanhola, o bacalhau português tipo do Porto, é uma paixão familiar. A receita do post é uma fusão de várias preparações que gostamos e que, ao longo do tempo, resultaram na nossa  "bacalhoada" preferida. Um belo bacalhau português com tempero espanhol. Uma receita que serve muito bem 4 pessoas e que, embora pareça trabalhosa, é super fácil de fazer.

Bacalao à Martinez

Ingredientes:



1 kg de bacalhau
1 kg de batatas médias (descascadas e inteiras)
1 pimentão vermelho picado em tiras
1 cebola grande picada 
5 ovos cozidos
3 tomates maduros picados em metades
12 azeitonas pretas
1 colher (chá ) de páprica picante ( ou doce, se preferir)
sal à gosto
4  colheres (sopa) de azeite
Azeite extra virgem para finalizar

Modo de fazer:

Se optar pelo bacalhau salgado, o preparo começa na véspera. Corte o bacalhau, retire cauda e nadadeiras.Lave muito bem. Coloque em uma tigela e cubra com água. Leve à geladeira. Deixe de 3 a 4 horas. repita essa operação 5 vezes, até que o bacalhau fique hidratado e dessalgado. Se optar pelo bacalhau dessalgado e congelado. Basta descongelar e começar o preparo.

Cozinhe os ovos. Leve uma panela ao fogo com os ovos e água  suficiente para cobri-los. Adicione uma colher (sopa) de sal e deixe cozinhar em fogo médio por 15 a 20 minutos, para que fiquem bem firmes. Escorra e deixe esfriar. Descasque e reserve. 

Em uma panela funda, coloque o bacalhau e cubra com água. Leve ao fogo médio, sem tampa, por aproximadamente 25 a 30 minutos ou até que o bacalhau fique macio porém firme. Retire o bacalhau da panela, mas conserve a água. 

Coloque as batatas na água do cozimento do bacalhau. Se precisar, adicione mais água para cobrir as batatas. Cozinhe por 25 a 30 minutos em fogo médio ou até que fiquem macias  e firmes (espete com garfo para ver se estão macias). Escorra a água e reserve.

Em uma panela , coloque o azeite e o pimentão. Quando começar a amolecer, junte a cebola. Refogue até que fique macia. Junte os tomates cortados. Refogue mexendo levemente. Polvilhe a páprica e tempere cm um pouco de sal. Misture delicadamente. Desligue o fogo.Reserve.

Montagem da travessa:

Em um refratário grande, vá espalhando de forma intercalada, as batatas e o bacalhau. Depois coloque os ovos cozidos cortados em metades. A seguir, espalhe as azeitonas. Finalmente, distribua  sobre toda a superfície, a cebola refogada com pimentão e e tomate. Regue com um pouco de azeite e leve ao forno por 30 minutos.

Retire do forno e regue com um fio de azeite extra virgem. Sirva imediatamente.

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Sanduíche natural com patê de sardinha.


Não tem coisa melhor que um sanduíche fresquinho e gostoso, para um lanche rápido. Para fugir da mesmice dos frios e o queijo, vale a pena tentar este sanduíche rápido de fazer, muito barato, saudável e gostoso. É feito à base de sardinha em lata. O resultado é um patê gostoso que agrada tanto crianças quanto adultos. 
Nesta versão da foto os ingredientes estão picados, ficando assim mais pedaçudos. No caso das crianças, principalmente por causa da cebola, é melhor aumentar um pouco a quantidade de maionese e bater no liquidificador, fazendo assim um patê bem mais liso e portanto, mais adequado ao paladar da criançada.

Vale a pena experimentar!

Sanduíche natural com patê de sardinha.
(Rende 6 sanduíches)


Ingredientes:
12 fatias de pão integral
2 latas pequenas de sardinha em conserva (usei sadinhas em molho de tomate)
3 colheres (sopa) cheias de maionese
1/2 cebola (pequena) bem picada - usei cebola roxa
8 alcaparras (opcional)
pimenta do reino
sal
algumas folhas de salsinha
azeite de oliva extra virgem

Modo de fazer:

Tire as sardinhas da lata e coloque em uma tigela. Amasse bem com um garfo.


Pique a cebola, as alcaparras e a salsinha. Se não quiser usar alcaparras, não tem problema algum. Elas dão uma gourmetizada no patê, com um toque de "azedinho".


Junte tudo na tigela onde estão as sardinhas amassadas. Adicione a maionese, a pimenta do reino, sal à gosto e um fio de azeite de oliva. Misture muito bem e passe nas fatias de pão.


Prontinho. Fácil, fácil!!

domingo, 5 de agosto de 2018

Bolo rápido de nozes e damasco (massa de bolo inglês)




(outra forma de enfeitar, usando confeitos coloridos)


Adoro um bolo quentinho para o lanche da tarde, principalmente nos dias mais frios. Mas confesso que sou preguiçosa, e não tenho muita paciência com bolos muito elaborados. e trabalhosos, a não ser, em datas especiais. Já no dia a dia, prefiro os fáceis, rápidos e muito saborosos. Este se encaixa perfeitamente nessa categoria.
Ele também, é muito versátil. A massa é a mesma do bolo inglês, então, se trocar o recheio por passas e frutas cristalizadas, colocando em uma forma de bolo ingles, você terá um bolo inglês clássico e delicioso. Já, se optar por forma de anel e colocar nozes e damasco terá esse bolo classudo, fácil e delicioso.


Fica ao critério (e gula)  do fregues.

Bolo de  nozes e damasco
Ingredientes:


2 ovos
1 xícara (chá) de açúcar
1 colher (chá) de extrato de baunilha
100 gramas de manteiga
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1/2 colher (sopa) de fermento em pó para bolo
1/4 de xícara (chá) de nozes picadas
1/4 de xícara (chá) de damasco seco picado

Modo de fazer:

Coloque o forno para pré aquecer em 180 graus. 
Unte uma forma de anel com manteiga e polvilhe com farinha de rosca.
Derreta a manteiga em fogo baixo ou micro ondas. Reserve.
Em uma tigela, coloque os ovos inteiros, o açúcar e a baunilha.
Bata muito bem, até dissolver o açúcar. Junte a manteiga.


Bata até obter um creme bem liso. Vá adicionando a farinha aos poucos e continue a bater. 
Acrescente o fermento e misture delicadamente..


Adicione as nozes e o damasco picados. Misture delicadamente.
Neste ponto, se preferir o bolo inglês clássico, substitua por passa e frutas cristalizadas, na mesma proporção (1/4 de xícara de uvas passas escuras sem caroço e 1/4 de xícara de frutas cristalizadas).


 Opte pela forma de bolo ingles que pode ser refratária (como a da foto) ou metal. Capriche ao untar com manteiga e polvilhar com farinha de rosca, assim o bolo sairá da forma, sem dificuldade.


Coloque a massa na forma untada e leve para assar por 35/40 minutos em 180 graus, até que o bolo fique douradado e solte das laterais da forma.


Retire do forno e deixe descansar por 10 minutos. 


 Desenforme e sirva polvilhado com açúcar de confeiteiro.