terça-feira, 30 de agosto de 2016

Geleia de casca de laranja



Esta é receita ancestral das geleias de laranja que hoje vemos nos supermercados. É bem diferente das industrializadas, certamente rústica,mas cheia de sabor. Não é tão adocicada e mantém um certo amargor das cascas. É perfeita para acompanhar torradas e chá. 
A origem é antiga e vem dos países ao norte da Europa, onde as laranjeiras não eram capazes de crescer. Assim, só no verão tinham acesso as laranjas vindas principalmente dos países mediterrâneos. Um produto caro que só os mais ricos tinham acesso. Assim, era preciso aproveitar tudo das preciosas laranjas. No verão tinham as laranjas frescas e no inverno a deliciosa geleia ou conserva, feita com as cascas e partes do bagaço.


Se quiser uma geleia mais leve (foto acima), descasque as laranjas bem finamente. Com o menos possível de parte branca. O resultado será uma geleia com textura e sabor mais delicado.Quem preferir um sabor mais doce com mais geleia e menos casca, reduza pela metade a quantidade de cascas e adicione o suco de mais duas laranjas. Mas não deixe de provar a receita original. Vale a pena, é deliciosa.

Geleia de casca de laranja
Ingredientes:


2 laranjas (tipo bahia ou laranja de umbigo) grandes
2 xícaras (chá) de açúcar (usei tipo cristal)
3 ou 4 rodelas de gengibre fresco
anis estrelado ( opcional)


Descasque as laranjas e pique em pedaços finos. Coloque em uma panela de fundo grosso, 


Pique as laranjas e coloque na panela junto com as cascas. 


Junte as fatias de gengibre


Junte o açúcar e uma estrelinha de anis(opcional).  Leve ao fogo mexendo de vez em quando.


Mexa de vez em quando.


Depois de mais ou menos 40 minutos em fogo baixo, as cascas estarão bem macias e o liquido bem reduzido. Separe dois potes de vidro bem limpos. Leve água para ferver. Mergulhe os potes e tampas, até ficarem bem cobertos pela água.Deixe por 5 minutos. Escorra a água e coloque a geleia ainda quente, nos potes. Tampe.


Guarde em lugar fresco e escuro.Ficarão em perfeito estado de conservação por mais ou menos 5 meses.

Nenhum comentário:

Postar um comentário