quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Do Polvo à Feira ao Vinagrete de polvo.





Vinagrete de Polvo

Adoro polvo. Provei aos 4 anos de idade e me apaixonei para sempre. 
Há muitas maneiras de preparar o polvo. Das deliciosas receitas portuguesas como o Arroz de Polvo ou outras mais simples, rústicas mesmo. É o caso da versão galega do Polbo a Feira (Polvo à moda da Feira).



Polvo à Feira

Em Lugo, região da Galícia (Espanha), nas Feiras, os polvos são cozidos em enormes tachos. As pulpeiras se encarregam de servi-los cortados e acompanhados com deliciosos nacos de pão fresco. Para completar, generosas doses de vinho da região. O tempero é simples. O polvo é cozido em água e sal grosso. 




Quando fica macio é retirado da água. Habilmente cortado em pedaços com uma tesoura, logo é temperado com azeite e páprica.

A receita de vinagrete de polvo eu aprendi ainda menina, com a minha mãe. Era uma das especialidades dela. Pode ser feito com tomates e pimentão, como na versão abaixo.
















Ou na versão mais leve, a minha preferida, usando cebola roxa e pimenta americana. 



Uma delicia para o almoço nos dias quentes de verão. Vale a pena experimentar. Aqui fica a receita das duas opções.

Vinagrete de polvo.

Ingredientes:
1 polvo grande (fresco ou congelado)
1 cebola grande descascada (usei a cebola roxa que é mais adocicada)
1 folha de louro
sal
3 tomates maduros (tipo italiano) picado em cubinhos (opcional)
1 cebola média descascada e picada em cubinhos
1 xícara de (chá) de salsa picada
folhinhas de orégano fresco
1 pimentão verde pequeno picado em cubinhos (ou pimenta americana)
1 colher (chá) de páprica picante (ou doce, se preferir)
sal
3 colheres (sopa) de vinagre de vinho tinto ou suco de limão, se preferir
5 colheres (sopa) de azeite extra virgem

Modo de fazer:
Limpe e lave muito bem o polvo, principalmente nos tentáculos, para que não fique nenhum resquício de areia nas ventosas. Reserve. Coloque no fogo, uma panela com água suficiente para cobrir o polvo. Adicione sal a gosto e a folha de louro. Deixe ferver. Coloque o polvo e a cebola inteira. Cozinhe até que fique macio porem firme. Geralmente leva uns 20 minutos, dependendo do tamanho do polvo. (Truque da minha mãe: Espete a cebola, se ela estiver bem macia, o polvo estará no ponto). Retire o polvo e a cebola da panela. Deixe esfriar. Pique em pedaços graúdos, inclusive a cebola. Coloque em um travessa e vá juntando os demais ingredientes. Tempere e misture delicadamente. Deixe descansando na geladeira ao menos uns 15 minutos antes de servir. Bom apetite!

2 comentários:

  1. Mãe, muitíssimo obrigada por postar esta receita!
    Estou quase saindo correndo para o supermercado tentar achar um bendito pulpo!
    Hummmmmmmmm!!!
    Aliás, acho que pouco a pouco a senhora devia postar suas receitas infalíveis que nunca consigo decorar (por mais que você ache elas totalmente simples!): bolinho de tofu (eu fiz assado e deu super certo, só coloquei mais um ovo!); srundeng (? nao lembro se era assim que se escrevia), aquela sopa de salsão, sua maravilhosa receita de massa fresca, o kibe, hummm tantas coisas que gostaria de comer!

    beijocas

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir